Abertas as inscrições para oficinas 2013

A Escola divulgou o calendário de oficinas internacional para o ano 2013. As inscrições já estão abertas. Como sempre, recordamos que estes cursos tem altísima demanda e o ideal é ir fazer a inscrição com a maior antecedência possível.
 

Oficinas Janeiro – Dezembro 2013
(OBS: estes cursos não tem vestibular nem limite de idade)

ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO
(2 semanas) janeiro 21 – fevereiro 1 com JUAN MADRID (Espanha) 1200 Euros
Aulas teóricas e praticas sobre o processo de criação do roteiro cinematográfico passo à passo. Análise e discussão de filmes selecionados e práticas com exercícios de dramaturgia. O objetivo da oficina é converter o aluno (caso ainda não o seja) em um contador de histórias, dominando a arte de narrar aplicada ao roteiro de cinema, para roteiros de curta ou longa-metragem. No final do curso, o estudante terá elaborado um projeto de roteiro de longa ou finalizado um roteiro para um curta de 15 min.

o professor: Juan Madrid (Espanha) Um dos mais importantes escritores espanhóis contemporâneos formado na Universidade de Salamanca. Escritor de romances, roteirista de cinema e tv, realizador de documentários e diretor de um filme de ficção:“Tánger”. Seus livros publicados (47) foram traduzidos a 18 idiomas, incluindo o chinês. Ministra cursos em universidades de 3 continentes assim como na EICTV. Três de seus romances foram levados as telas. Seus últimos livros publicados são “Bares Nocturnos” e “Cuentos Completos”.
vagas: 15

 

REALIZAÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS
(3 semanas) janeiro 21 – fevereiro 1 com ROLANDO ALMIRANTE (Cuba) 1800 Euros
Introdução à historia do documentário. Metodologia de pesquisa. Especificidades da realização de documentários como interpretação criativa da realidade. Trabalhos práticos baseados na elaboração de projetos de documentário e análise de casos concretos.

o professor: Rolando Almirante (Cuba) é realizador e produtor de documentários e programas de TV e Radio. Diretor criativo de Publicidade. Professor de meios audiovisuais da Faculdade de Comunicação da Universidad de la Habana, do Instituto Superior de Arte (ISA), alem da EICTV. Membro da Academia Internacional de Televisão, Artes e Ciências dos Estados Unidos. Graduado em jornalismo no Instituto Superior de Ciências Políticas da cidade de Lvov, na Ucrânia. Tradutor e intérprete de russo.
vagas: 16

 

ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO PARA ALUNOS DE LÍNGUA PORTUGUESA
(2 semanas) fevereiro 4 – 15 com ELISEO ALTUNAGA (Cuba) 1300 Euros
Aulas teóricas e práticas sobre o processo de criação de roteiro cinematográfico. Análise e discussão de filmes selecionados e práticas com exercícios de dramaturgia. Etapas de Criação do roteiro. Acontecimento Dramático. Linha Narrativa. Estrutura por Blocos de Roteiro. Personagem Dramático. Técnicas de Roteiro.  Primeira Versão do Roteiro Literário. Contará com um tradutor para assistir nas aulas.

o professor: Eliseo Altunaga (Cuba) é um premiado escritor de romances, jornalista, ensaísta e roteirista de cinema, radio e televisão. É também professor do ISA (Instituto Superior de Arte de Cuba) e já ministrou oficinas de roteiro em diferentes países. Assina o roteiro de “Violeta se fue a los cielos”, filme chileno, ganhador do Sundance, entre outros importantes prêmios.
vagas: 15

 

FORMATAÇÃO DE PROJETOS IBERO-AMERICANOS
(2 semanas) fevereiro 11 – 22 com TITA LOMBARDO (México)  1200 Euros
Análise do processo de produção e suas características. Desenho de produção e desenvolvimento de projetos. O papel do produtor e o roteirista junto ao diretor. Pitching. Co-produções Ibero-americanas. Locações. Seleção de atores. Plano de filmagem. Pré-produção. Filmagem. Post-produção. Distribuição. Lançamento do filme. Festivais.

o professor: Tita Lombardo (México) Produtora de ampla experiência profissional no cinema e em publicidade. Trabalhou para reconhecidas produtoras mexicanas e internacionais como: Clasa Films, Desiertos Films, Ivania Films, Mirador Films, Altavista Films, Tequila Gang, Amiguetes Entreteinment e Tabasco Films. Atualmente é diretora geral da produtora de cinema e publicidade KMZ Producciones. Participou nos longas “Rudo y cursi”, de Carlos Cuarón; “Babel” e “Amores Perros”, de Alejandro González Iñárritu; “Profundo carmesí”, de Arturo Ripstein e “On the Road” de Walter Salles, entre outros.
vagas: 15

 

CINEMA-ANIMAÇÃO: ROTEIRO, STORY-BOARD E DESENHO DE PERSONAGENS

(3 semanas)  fevereiro 18 – março 1 com Thomas Welss (Chile) 1200 Euros
Inclui a realização de um ou mais roteiros e story-boards narrativos ou experimentais de animação 2D, Stop Motion bidimensional, Pixelação, Collagem, Técnicas mixtas ,etc. O trabalho será realizado em grupo ou individualmente.

o professor: Thomas Welss (Chile) é professor e diretor de cinema de animação 2D. Estudou Arte na Universidad de Chile e fez post-graduação em animação na Academia de Belas Artes de Stuttgart onde estudou com Heinz Edelmann (diretor de arte do mítico filme de animação “Yellow Submarine”. Atualmente é professor da Univeridad de las Américas e já ministrou workshops no Chile, na Venezuela, na Colômbia, na Espanha e na Argentina. Seus filmes receberam prêmios em festivais internacionais e também participou como júri em eventos na área de animação.
vagas: 16

 

A ESTRUTURA DA MIS-EN-SCÈNE
(2 semanas) fevereiro 25 – março 8 com JOSÉ LUIS GUERÍN (Espanha) 1200 Euros
Diferentes pontos de vista sobre a mis-en-scène. A mis-en-scène como realidade plástica e literária. Roteiro e mis-en-scène. Conflitos entre montagem e mis-en-scène. Estratégias do espaço: enquadre, entorno, dramaturgia. Estratégias do diálogo. A influência do cine-direto na ficção contemporânea. Coreografiar a realidade. Decalages entre o movimento interno dos personagens e os movimentos do equipamento cinematográfico. Re-leituras da mis-en-scène clássica no cinema moderno. Hiper-fragmenteção e crise da mis-en-scène.

o professor: José Luis Guerín (Espanha): De formação autodidata, começou fazendo curtas em 1975. “Los motivos de Berta” foi seu primeiro longa que recebeu vários prêmios importantes. Alcançou reconhecimento internacional em 2001 com seu filme “En construcción” que ganhou o Prêmio FIPRESCI da Crítica Internacional, o Prêmio Especial do Júri do Festival de San Sebastián, o Prêmio Nacional de Cinematografia e em 2002 o Goya de melhor filme documentário. É um dos mais conceituados autores do chamado documentário de autor, e sua obra destaca-se pela linguagem reflexiva e poética.
vagas: 16

 

FOTOGRAFIA DIGITAL
(2 semanas) março 4 -22 com IVAN CASTRO (Guatemala) 1200 Euros
Para conhecer a história e os princípios estéticos da fotografia, a estrutura da imagem e que os consiga traduzir na prática a través de exercícios, utilizando uma câmera digital SLR (ou lente intercambiável) que o aluno deverá levar para usar durante o curso. Iniciação, Técnicas de Fotografia, Estilos de Fotografia, Óptica e Iluminação, A Fotografia como Profissão.
Exercícios com câmera digital semi-profissional. Técnicas de Fotografia Digital. Exercícios de campo na área da escola e na sala de aula. Análise e discussão sessões de exercícios para os alunos. Impressão de trabalhos práticos.

o professor: Ivan Castro: Fotógrafo, designer gráfico e produtor. Lecionou internacionalmente, E tem um longo caminho como designer gráfico, criou dezenas de logotipos, cartazes anúncios, jornais e outdoors. Tem trabalhado para canais de TV internacionais como CNN e Univisión. Fez várias exposições pessoais e coletivas, tem 6 livros publicados de Fotografia. Suas fotografias foram publicados em dezenas de revistas de prestígio na América Latina e Europa. Suas técnicas e tutoriais de fotografia foram publicadas em várias mídias. Ganhou prêmios nacionais e internacionais. Ele é atualmente o Presidente do Clube de Fotografia de Guatemala.
vagas: 15

 

REALIZAÇÃO CINEMATOGRÁFICA
(4 semanas) abril 1 – 26 com HECTOR VEITIA (Cuba) y JORGE  FUENTES (Cuba) 1800 Euros
Linguagem cinematográfica. Conceito de estilo cinematográfico. Elementos básicos da narração. O diretor e o roteiro literário. Roteiro técnico. Cinema Narrativo e Cinema não Narrativo. Análise de casos. Direção e movimento de atores. Relação com o Produtor e o Assistente. Montagem.
Exercícios práticos de realização polivalentes (pré-produção, produção e pós-produção de um curta de ficção de 3 min baseado numa cena selecionada pelo professor. Cada aluno dirigirá seu próprio curta e também trabalhará alternativamente como produtor, assistente de direção, diretor de arte, assistente de câmara, técnico de som, iluminador e script nos trabalhos dos seus companheiros. Os exercícios terminados serão analisados pela turma e apresentados ao resto da escola no final do curso.

professores:
Héctor Veitía: Graduado em Língua e Literatura Hispânica na Universidade de Havana. Começou a trabalhar no ICAIC (Instituto Cubano de Arte e Industria Cinematográficas) em 1961. Realizou mais de trinta documentários em cinema e vídeo. Co-dirigiu “Mujer transparente”, premiada em Havana, San Sebastián, Huelva, Trieste e Leipzig. É professor e Chefe do Departamento de Oficinas Internacionais da EICTV.

Jorge Fuentes: Graduado em Língua e Literatura Hispânica na Universidade de Havana. Poeta, cineasta, roteirista, jornalista. Recebeu importantes prêmios e distinções nacionais pela sua extensa obra literária e audiovisual. É professor Titular de Comunicação Audiovisual no ISA (Instituto Superior de Arte de Cuba), Membro das Executivas do Movimento Nacional de Vídeo de Cuba e da Asociación de Cine, Radio y Televisión da Unión de Escritores y Artistas de Cuba (UNEAC).
vagas: 15

 

DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS
(3 semanas) abril 15 – maio 3  com YOLANDA BARRASA e LUIS ANGEL RAMIREZ (Espanha) 1200 Euros
Análise e desenvolvimento de projetos visando melhorar seu potencial de venda e co-produção.  Introdução aos mercados internacionais e ferramentas para um pitching de sucesso. Como elaborar um dossié de apresentação de projeto. A rota dos fundos de ajuda para desenvolvimento de projetos. A procura de um produtor. Estratégias para roteiristas. Opções de co-produção entre Europa e América. (Para roteiristas com projeto)

os professores:
Yolanda Barrasa: Diretora e roteirista espanhola. Durante seu Mestrado em Roteiro foi aluna de Fernando Castels, Miguel Machalsky, Syd Field e Linda Seger, entre outros. E professora titular da EICTV onde ministra também a oficina de ‘Avançada de Roteiro’. Leciona na CETYS (Universidad Francisco de Vitoria, em Madrid). É assessora de roteiro e supervisionar projetos em desenvolvimento.

Luis Angel Ramírez: Profissional de ampla experiência na indústria, tanto em cinema com televisão. E docente da Universidad Européia de Madrid. Da aulas no Curso de Mestrado em Desenho de Produção em Madrid assim como workshops e seminários em Nantes, Buenos Aires e Nairobi. E membro de ACE  (Ateliers du Cinema Européen), EAVE (European Audiovisual Entrepeneurs) a Academia de la Cinematografía de España e a Academia Europea del Cine.
vagas: 15

 

INTRODUÇÃO À TÉCNICA DE SANFORD MEISNER PARA DIRETORES E ATORES
(3 semanas) maio 6 – 24 com STEPHEN BAYLY (EUA) e MARÍA GOWLAND (Argentina) 1400 Euros
Elia Kazan disse uma vez que “trabalhar com um ator treinado por Meisner é uma benção”. Este curso introdutório foi concebido por Stephen Bayly do Actor’s Temple de Londres seguindo os princípios de trenamento de atores de Sanford Meisner para o trabalho conjunto de diretores e atores. Inclui exercícios básicos do método Meisner, a preparação emocional do ator, a construção do personagem e a decupagem de cena. Os diretores ficam no lugar do ator para entender o processo.

os professores:
Stephen Bayly: Antes de se formar em direção na prestigiosa Escola Nacional de Cinema de Londres (hoje NFTS), estudou literatura inglesa, dramaturgia, urbanismo e arquitetura no McDaniel College, na Johns Hopkins University na University of Pennsylvania .Além de dirigir filmes para TV na Grã Bretanha, foi produtor junto com Lisa Katselas, Richard III (1995) e Mrs. Dalloway (1996).  Em 1997 assumiu a Direção da NFTS.  Em 2003 deixou a Escola para criar a Sly Fox Films e começou a focar no estudo do método Sanford Meisner com Tom Radcliffe. Continua até hoje o trabalho com atores desde o Laboratório do Actor´s Temple e ministrando cursos na Grão Bretanha e outros países

María Gowland: Formou-se na Escuela de Bellas Artes de Buenos Aires e fez pós-graduação na Universidade de Canberra, Australia. Trabalha na industria audiovisual tanto em direção como em fotografia ha mais de 15 anos. Trabalhou como docente  na EICTV, onde foi coordenadora da cátedra de direção entre 2006-2007.
vagas: 15

 

REALIZAÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS
(3 semanas) maio 13 – 31 com JORGE FUENTES (Cuba) 1800 Euros
A idéia base como núcleo original da obra. Tema. Pesquisa. Tratamento. Estética e especificidades do gênero. Entrevista: vantagens e desvantagens. O personagem. Dramaturgia: ficção ou documentário? As mediações cinematográficas. O desenho da imagem. Pré-filmagem/filmagem/roteiro de montagem/montagem/sonoplastia. A formação da equipe e os códigos de relação com os diferentes especialistas. Realização dos exercícios.

o professor: Jorge Fuentes é graduado em Língua e Literatura Hispânica na Universidade de Havana. Poeta, cineasta, roteirista, jornalista. Recebeu importantes prêmios e distinções nacionais pela sua extensa obra literária e audiovisual. É professor Titular de Comunicação Audiovisual no ISA (Instituto Superior de Arte de Cuba), Membro das Executivas do Movimento Nacional de Vídeo de Cuba e da Asociación de Cine, Radio y Televisión da Unión de Escritores y Artistas de Cuba (UNEAC).
vagas: 16

 

A ESCRITURA DRAMÁTICA: IMAGENS, PALAVRAS E ESTRUTURA
(2 semanas) maio 27 – junho 7 com MÓNICA DISCEPOLA (Argentina) 1100 Euros
Uma proposta aberta e múltipla onde numa primeira etapa os alunos produzem textos, idéias para roteiros. Pontos de partida para a busca da história: a cena própria, os mitos, os jogos, os gêneros. As poéticas pessoais nas escrituras cinematográficas. Na segunda etapa da oficina, vem a abordagem do trabalho do ator: a estrutura dramática, as imagens e o corpo. Busca do personagem, vínculos e ações para a cena.

a professora: Mónica Discepola (Argentina) é professora de Artes Cénicas e reitora do Instituto Superior Provincial de Teatro; Professora Nacional do Teatro de Títeres do na Universidade de Buenos Aires, na EICTV, na Escuela de Cine de Montevidéu, Uruguai e na Universidade de Guadalajara. Realizou vídeos institucionais e eventos multimídia para instituições e organizações. Dirigiu curtas de ficção e o longa documentário “Las tres islas”. É diretora do Grupo Teatral “Grupo de las Mujeres” com mais de 20 montagens.
vagas: 20

 

ANIMAÇÃO 3D

(2 semanas) junho 3 -14 com IVAN CASTRO (Guatemala) 1200 Euros
Introdução ao curso e introdução ao entorno 3d (interface, menus, barras, painéis, sistemas de coordenadas X, Y, Z e espaço 3D, visualizadores, configuração e movimentos, criação de geometria básica, ferramentas de seleção, a topologia e alinhamento de objetos, e uso de snaps, painel numérico). Modeling (polígonos e suas partes, seleção de ferramentas, modelado em baixa resolução, grupos e uniões, operações Booleanas, operações Extrude, comando Smooth, comando Subdiv Proxy) Materiais (cor, canais de materiais, texturização, o hypershade, as propriedades dos materiais, mapas e coordenadas de mapeamento, o editor de textura UV, materiais reais) Animação (Conceitos de animação, animação por claves, animação automática, curvas de animação, o editor gráfico, campos físicos e corpos dinâmicos) Iluminação e Render (tipos de luz e sua configuração, sombras, reflexos e refrações, renderStats e gobos, fotografia de iluminação baseada na fotografia, configuração do motor de renderização mental ray e suas configurações, a criação de câmeras, ajustes de câmera para incluir elementos reais, renderização para impressão, render à vídeo, renderização em camadas.

o professor: Ivan Castro: Fotógrafo, designer gráfico e produtor. Lecionou internacionalmente, E tem um longo caminho como designer gráfico, criou dezenas de logotipos, cartazes anúncios, jornais e outdoors. Tem trabalhado para canais de TV internacionais como CNN e Univisión. Fez várias exposições pessoais e coletivas, tem 6 livros publicados de Fotografia. Suas fotografias foram publicados em dezenas de revistas de prestígio na América Latina e Europa. Suas técnicas e tutoriais de fotografia foram publicadas em várias mídias. Ganhou prêmios nacionais e internacionais. Ele é atualmente o Presidente do Clube de Fotografia de Guatemala.
vagas: 12

 

REALIZAÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS
(3 semanas) junho 10 – 28 com ROLANDO ALMIRANTE (Cuba)  1800 Euros
Introdução à historia do documentário. Metodologia de pesquisa. Especificidades da realização de documentários como interpretação criativa da realidade. Trabalhos práticos baseados na elaboração de projetos de documentário e análise de casos concretos.

o professor: Rolando Almirante (Cuba) é realizador e produtor de documentários e programas de TV e Radio. Diretor criativo de Publicidade. Professor de meios audiovisuais da Faculdade de Comunicação da Universidad de la Habana, do Instituto Superior de Arte (ISA), alem da EICTV. Membro da Academia Internacional de Televisão, Artes e Ciências dos Estados Unidos. Graduado em jornalismo no Instituto Superior de Ciências Políticas da cidade de Lvov, na Ucrânia. Tradutor e intérprete de russo.
vagas: 16

 

WORKSHOP DE MOTION GRAPHICS

(2 semanas) julho 1 – 12 com UNAI GUERRA (Espanha) 1200 Euros.
Conceitos básicos de composição e cor. Conceitos básicos da tipografia. História da animação. Gráficos em Movimento: da estática para a animação. O conceito do ritmo. O Story Board de Motion Graphics. Adobe After Effects, A interfase básica. Tipografia. Imagem Real. Retoque de Color. Adaptação para integração gráfica. Chroma Keys. Importação e processamento de imagens. Layers, composições, projetos e estrutura do trabalho. Animação em After Effects. Alpha Channel. Máscaras. Keyframes e hierarquias. Efeitos. Renders. Formatos de exportação, ferramentas do Adobe Photoshop
Práticas: Experimentação com o software. Proposta de Projeto com base no perfil do aluno E desenvolvimento do mesmo posterior monitorado individualmente ou em equipes. Análise e apreciação de todos os trabalhos apresentados.
o professor: Unai Guerra nasceu em San Sebastián, no Pais Basco. Bachelor of Fine Arts, tem mais de uma década ligado ao design gráfico e a pós-produção audiovisual. Tem participado em inúmeros curtas-metragens, videoclipes, programas de TV, comerciais e longas-metragens, créditos, efeitos visuais e edição e trabalho pós-produção. Trabalhou no departamento de grafismo da televisão regional basca, ETB, enquanto realizava estudos de doutoramento na Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade do País Basco. Em 2004 ele fundou o estúdio Bit & mina onde dirige o departamento de audiovisual, fazendo comerciais, vídeos institucionais e séries de animação para a televisão. Dirigiu vários curtas-metragens e ganhou vários prêmios internacionais. É diretor de arte na produtora Irusoin.
vagas: 16

 

REALIZAÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS AMBIENTAIS

(3 semanas) julho 8 – 26 com PAUL REDDISH (Reino Unido) 1800 Euros
PROJETO PAN-CARIBENHO DE FILMES SOBRE MEIO AMBIENTE.
Dirigido a cientistas, docentes, funcionários governamentais e/ou de ONGs, assim como qualquer outro profissional da comunicação com interesse em aprender as técnicas especializadas para filmar documentários sobre a fauna e a natureza. O objetivo é que os participantes aprendam a pesquisar, filmar e editar seus projetos com padrão broadcasting. Cada estudante finalizará o curso tendo realizado um documentário em equipe. Os equipamentos utilizados serão ministrados pela oficina e com apoio de uma equipe técnica profissional (operador de câmara, técnico de som, iluminador, editor)
o professor: Paul Reddish (Inglaterra): Depois de terminar seus estudos na Universidade de Edimburgo em 1981, entrou na BBC. Em 1997, deixa a BBC para montar sua própria produtora Free Spirit Film, focada em temáticas relacionadas à historia natural, ciência e antropologia.Tem produzido, dirigido e escrito roteiros de 25 filmes, muitos deles premiados internacionalmente. Colaborou com Sir David Attenborough em varias ocasiones. É conferencista e professor visitante da Universidade de Salford.
vagas: 16

 

O ATOR E A CÂMERA: DIREÇÃO DE ATORES PARA AUDIOVISUAL
(2 semanas) julho 15 – 26 com EDUARDO EIMIL (Cuba) 1200 Euros
Fundamentos teórico-práticos da arte de Direção de atores com ênfase nos meios audiovisuais. Ferramentas para o trabalho do ator frente à câmera. Semelhanças e diferenças entre a atuação para teatro e para meios audiovisuais. A formação do ator e sistemas de atuação: Actor’s Studio, Lee Strasberg, Uta Hagen e Sanford Meisner. Exercícios para trabalho com emoções. Idéia de Elenco. Estilo. A formação do ator. Teorias e escolas. Estilos de direção de atores. Ensaio. Construção do personagem e teoria das polaridades. Trabalhos práticos de cenas.

o professor: Eduardo Eimil é roteirista e diretor de “El Televisor” e “La Maldita Circunstancia”, entre outras. Professor de atuação do Instituto Superior de Arte (ISA). Professor de Direção de Atores e de Realização Videográfica de Ficção na Universidad Autónoma de Cali, a Universidad del Valle e a Universidad Javeriana da Colômbia. Diretor e Dramaturgo de “Nuestro Pueblo”, “Zoológico de Cristal” “El Gallo Electrónico”, entre outras. Ganhador de vários prêmios Nacionais e Internacionais.
vagas: 15

 

OFICINA AVANÇADA DE ROTEIRO
(5 semanas) setembro 9 – outubro 11 com FRANCISCO LOPEZ ALVAREZ (Cuba),  ELISEO ALTUNAGA (Cuba) e  YOLANDA BARRASA (Espanha) 2000 Euros
Estruturas narrativas literárias. Roteiro cinematográfico. Arte Narrativo: Pensamento Narrativo. Categorias funcionais do Discurso Narrativo. O Pensamento Dramático. A Evolução do Modelo Dramático.  Categorias Funcionais do Discurso Dramático. O Roteiro como Sistema de Representação: Estrutura. Elementos do Roteiro. Modelo de Representação para o Trabalho do Roteirista. Metodologia de Trabalho do Roteirista. Moduladores de Percepção. Moduladores de Tempo.
Desenvolvimento de Projetos:  Desenvolvimento de um projeto pessoal trazido por cada aluno. Análise de projetos, assessorias grupais e individuais.  Preparação do dossié profissional do projeto orientado a busca de financiamento e pitch.

os professores:
Francisco López Alvarez: Narrador, ensaísta e professor de arte. Formado em Língua Espanhola, Premiado internacionalmente, tem publicado novelas, contos e ensaios em vários países.

Eliseo Altunaga: Premiado escritor de romances, jornalista, ensaísta e roteirista de cinema, radio e televisão. É também professor do ISA (Instituto Superior de Arte de Cuba) e já ministrou oficinas de roteiro em diferentes países. Assina o roteiro de “Violeta se fue a los cielos”, filme chileno, ganhador do Sundance, entre outros importantes prêmios.

Yolanda Barrasa: Diretora e roteirista espanhola. Durante seu Mestrado em Roteiro foi aluna de Fernando Castels, Miguel Machalsky, Syd Field e Linda Seger, entre outros. E professora titular da EICTV onde ministra também uma oficina de ‘Dramaturgia para curta-metragens’. Leciona na CETYS (Universidad Francisco de Vitoria, em Madrid).
vagas; 20
nível: avançado

 

REALIZAÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS
(3 semanas) setembro 16 – outubro 4 com BELKIS VEGA (Cuba)  1800 Euros
Origem e definição. Fundamentos e história: a obra de Robert Flaherty, os primeiros teóricos…. O Documentário como pesquisa da realidade. A documentarista esquecida: Leni Riefenstahl. O Cinema direto. O documentário de denúncia social. Jornalismo e documentário.  A obra de Santiago Álvarez. Ficção e Documentário. Cada tema analisado vai acompanhado de projeções de documentários. Trabalhos práticos baseados na realização individual de um documentários da idéia até a pós-produção. Os exercícios terminados serão analisados pela turma e apresentados ao resto da escola no final do curso.

a professora: Belkis Vega é roteirista e diretora de cinema, tv e vídeo. Dirigiu mais de 50 documentários e 3 filmes de ficção para televisão. Ganhou múltiplos prêmios internacionais. Foi professora no ISA (Instituto Superior de Arte de Cuba), nos EUA, Brasil, México e Espanha. Além de dar aulas na EICTV, atualmente é professora titular do Mestrado de Roteiro organizado pela Fundación Taller de Guionistas com a Universidade de Barcelona e do Mestrado de Documentário da Escuela de Cine de Barcelona – ECIB. Sua experiência como correspondente de guerra reforçou seu extenso trabalho acadêmico sobre historia e realização de documentários em instituições cubanas e internacionais.
vagas: 16

 

DA PRODUÇÃO DE CAMPO A PRODUÇÃO EXECUTIVA NO MERCADO INTERNACIONAL
(6 semanas) setembro 30 – novembro 8, com especialistas internacionais coordenados por SANFORD LIEBERSON (USA-Inglaterra) 3000 Euros
O papel do produtor, produção do grandes estúdios vs cinema independente. Desenvolvimento de projetos e o papel do produtor.  Introdução ao Pitch. O mercado de televisão. Plano de filmagem e orçamento. Co-produções, venda internacional, distribuição e exibição. Problemas legais.

diretor da oficina: Sanford Lieberson (USA- Inglaterra) Produtor independente. Chefe do Departamento de Produção da National Film and Televisión School. Especialista em distribuição de filmes na Inglaterra. Foi presidente supervisor de produções internacionais da MGM e presidente de produção da 20th Century Fox.  Seu trabalho inclui filmes de grande sucesso como “Alien”, “Julia”, “Chariots of Fire” e “Blade Runner”, entre outros. Supervisionou o lançamento internacional de filmes tão diversos quanto “Star Wars” e “Novecento”.
vagas: 20
nível: avançado

 

REALIZAÇÃO E PRODUÇÃO E  DE CINEMA E TV PARA CRIANÇAS E JOVENS
(3 semanas)  outubro 14 – 25 com ALEJANDRO MALOWICKI (Argentina) 1200 Euros
O objetivo é capacitar aos participantes no desenho de projetos para cinema e televisão dirigidos a crianças e jovens. Ênfase nas especificidades do gênero e sua importância como ferramenta educacional. A linguagem audiovisual orientada a crianças e jovens. A imagem da infância a través do tempo. Conteúdos e formas de expressão em função das diferentes etapas evolutivas da criança. Influências e aportes da literatura infantil à linguagem audiovisual. Realização de uma produção audiovisual dirigida à crianças e jovens: Formatos no cinema, TV, desenho animado. Efeitos especiais. O gênero didático. A literatura infantil.

o professor: Alejandro Malowicki é formado em Cinema na Escuela Superior de Bellas Artes da Universidad de la Plata. É diretor e produtor de filmes e programas de televisão para crianças e jovens. É também professor em diversas universidades. Seus trabalhos e programas tem obtido prêmios em festivais internacionais.
vagas: 15

 

DIREÇÃO DE CENA
(4 semanas) outubro 28 – novembro 22 com CORINA MESTRE (Cuba) 1600 Euros
Breve panorama da atuação dos gregos até hoje. Meios de atuação: teatro, cinema e televisão. Elementos imprescindíveis do Diretor para seu trabalho com o ator. Trabalho de mesa: Análise dos elementos dramatúrgicos que incidem no trabalho de direção de atores. Cadeia de pensamento o monólogo interno. Cadeia de Ações. Estruturas dramáticas. Técnicas de atuação, improvisação. Mis-en-scène.

a professora: Corina Mestre é atriz e teatróloga. Chefe da Cátedra de Atuação do ISA (Instituto Superior de Arte de CUBA). Entre os muitos prêmios que já recebeu estão algumas das mais altas distinções da cultura cubana como: a medalha Nicolás Guillén e o Prêmio Majadahonda da UNEAC (União de Escritores y Artistas de Cuba); assim como também prêmios internacionais como o Cervantino em México, o Prêmio do Festival de Sitges (Espanha) e do Festival de Teatro de Moscou. Ganhou também o Prêmio Hola da Associação de Artistas e Críticos Hispanos de Nova York.
vagas: 15

 

CURADORIA, PRODUÇÃO E NETWORKING DE MOSTRAS E FESTIVAIS DE CINEMA
(2 semanas) novembro 18 – 29 com PATRICIA MARTIN (Argentina) 1200 Euros
Oficina dirigida a diretores, produtores e programadores de festivais emergentes assim como a produtores culturais interessados em desenvolver mostras audiovisuais. Também poderão participar profissionais da comunicação, produtores e realizadores interessados em aprender a navegar o circuito internacional de festivais de cinema.

Os festivais como circuito de distribuição alternativa. Posicionamento, sustentabilidade e planejamento estratégico. A Arte de Programar um festival de cinema. Financiamento, patrocínio e marketing. Branding. Cross-media. Bilheteria. Turismo de festivais. Implementação e logística. Recursos humanos. Print traffic. Simpósios e Seminários. Intersecções com a indústria. Relações públicas e imprensa. Da aldeia global à aldeia local: formação de público e responsabilidade social. Festivais 2.0: blogs, integração de comunidades sociais na web plataformas móveis.
Cada estudante poderá trazer uma proposta ou projeto para um festival ou mostra, que será desenvolvido a analisado durante a oficina.

a professora: Patricia Martin é formada em Ciências Políticas na Argentina, com pós-graduação no Japão, na Espanha e nos EUA. Tem ampla experiência profissional na implantação e gestão de projetos de formação em comunicação audiovisual e também na coordenação e programação de mostras e festivais internacionais de cinema e novas mídias. Entre outras funções foi Diretora de Relações internacionais da EICTV, consultora para as Media & Visual Arts Residencies do Banff Centre for the Arts de Canadá, diretora do Centro de Realização Audiovisual do Instituto Dragão do Mar, em Fortaleza, Programadora da Mostra Ibero-americana do Cine Ceará e Gerente de Desenvolvimento e Conteúdos Web do Festival Internacional de Cinema em Guadalajara e do Festival CineCeará. É Responsável pela Assessoria de imprensa internacional e curadora, junto com Alfredo Calvino, da Mostra Competitiva Internacional do Amazonas Film Festival, entre outros.
vagas: 20

 

os preços incluem: matrícula + hospedagem + refeições na escola

Mais informações:

flecha1Clique aqui para receber o nosso boletim eletrônico e fique por dentro das novidades das oficinas internacionais.

Tire sua dúvida aqui:
Shares

Author: Patricia Martin

Share This Post On

Pin It on Pinterest

Shares

Achou interessante?

Compartilhe com os amigos. A gente agradece! :)